Apresentação

Em 2011, o PPGE preparou um projeto de realização de um DINTER com a Universidade Federal de Pernambuco (Campus do Agreste) e com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UAST) que se incorporou como instituição associada. O propósito do DINTER foi viabilizar a formação de até 15 doutores de ambas instituições e fornecer às UFES locais um quadro docente de qualidade equivalente aos existentes nas grandes cidades brasileiras.

O programa DINTER se mostrava especialmente adequado a esta específica situação, pois os candidatos a doutores poderiam compatibilizar suas atividades de ensino dentro de suas UFES de origem, o que seria mais difícil se optassem por um Doutorado tradicional. Além disto, os custos de seu doutoramento seriam também menores porque evitaria a necessidade de contratação de professores substitutos ao longo de processo de doutoramento dos candidatos. O DINTER permitiria, ademais, proporcionar os elementos científicos necessários para estudar os principais problemas e potencialidades do Agreste e Sertão pernambucano. O fato de existir o compromisso de que todas as Teses de Doutorado estejam voltadas ao estudo dos problemas das mesorregiões do Agreste e Sertão pernambucano configura-se como um diferencial frente a outras possibilidades.

Finalmente, o DINTER representaria uma oportunidade de intercâmbio intelectual de professores e alunos participando em atividades comuns, o que deveria gerar efeitos que superem a prática de aulas e orientação de Teses de Doutorado, cristalizando-se em uma parceria futura entre os cursos de Economia da UFPE-CAA e da UFF que deverá fortalecer as redes de promoção de ciência e tecnologia.

A proposta elaborada pelo PPGE foi avaliada favoravelmente pela CAPES e foi aprovada em dezembro de 2011.

O DINTER UFPE-UFF iniciou suas atividades em julho de 2012. No primeiro semestre de 2014, três alunos do Programa DINTER participaram do Programa CAPES-BA que o PPGE-UFF mantém com a Universidade Nacional del Sur (Argentina), realizando cada um uma estadia de 4 messes.