Início

Notícias e comunicados

- Faculdade de Economia permanecerá fechada hoje, porque alunos bloqueiam novamente a entrada do campus do Gragoatá. Todas as atividades da pós-graduação estão canceladas. A defesa de dissertação prevista para hoje será realizada na Faculdade de Direito. (Mensagem postada às 8hs do dia 29/5/2015).

- Exame ANPEC (de acesso ao mestrado em economia): manual já pode ser consultado. Clique aqui.

- Step-by-step procedures for an exchange student planning to study at PPGE: Click here.

 - Período de inscrições em disciplinas para segundo semestre de 2015: 29 de junho a 3 de julho. A inscrição será feita on-line, com uso de senha individual. Informações detalhadas na aba "calendário".

- Próximo seminário: informações logo abaixo.

- Próximas defesas: informações nesta mesma página, mais adiante.

 



Próximo seminário 

Seminário cancelado em função do fechamento do campus. Sua nova data de realização será informada posteriormente.

28 de maio - José Francisco Pessanha (Estatística/UERJ e Centro de Pesquisas de Energia Elétrica/Eletrobrás)

Título: Análise envoltória de dados na regulação econômica dos serviços públicos de energia elétrica

Artigo: Clique aqui

Debatedora: doutoranda Niagara Rodrigues

Resumo:  A Análise Envoltória de Dados (Data Envelopment Analysis – DEA) é uma técnica baseada em programação linear que tem por finalidade identificar fronteiras de eficiência em um conjunto de unidades produtivas que atuam em um mesmo segmento da economia. O uso da abordagem DEA já é bastante difundido entre os agentes reguladores do setor elétrico em todo o mundo, em particular na regulação econômica dos serviços de distribuição e transmissão de eletricidade, os segmentos do sistema elétrico organizados como monopólios naturais. Um dos problemas enfrentados pelos reguladores é a definição dos níveis eficientes dos custos operacionais das empresas de serviços regulados. Para contornar a assimetria de informação os reguladores têm adotado estratégias baseadas em análises comparativas (yardstick competition). Os modelos DEA fornecem a estrutura ideal para a implementação de estratégias de regulação por comparação, pois além de avaliar índices de eficiência, a abordagem DEA permite identificar os melhores padrões de desempenho (benchmark) que servem de referência para cada empresa conferindo maior transparência ao processo regulatório. No seminário serão apresentados os modelos DEA adotados pela Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL nas revisões tarifárias periódicas das distribuidoras e transmissoras de energia elétrica, bem como algumas propostas que visam aprimorar os modelos especificados pela agência reguladora.

 


  Defesas de dissertação de mestrado

Candidato: Caio Sato

Título: "Propensão ao magistério: uma análise com dados do Enade 2008."

29 de maio, 14hs – sala CEDAP, Faculdade de Direito (R. Presidente Pedreira, 62)

Banca avaliadora: 

    Fábio Domingues Waltenberg (UFF - orientador)
    Danielle Carusi Machado (UFF)
    Rodrigo Leandro de Moura (FGV-RJ e UERJ)

Resumo: Dentre as 20 metas estabelecidas no novo Plano Nacional Educação sancionado em 2014, está prevista a elaboração de uma política nacional de formação de professores. A intenção é assegurar que todos os professores da educação básica brasileira possuam formação específica de nível superior na área de conhecimento em que atuam. Há, contudo, pouco conhecimento a respeito do funcionamento do mercado de trabalho docente. Os poucos estudos econômicos brasileiros realizados mostram que existe escassez de professores nas salas de aulas, especialmente na área de exatas. O objetivo deste trabalho é identificar mecanismos que possam se associar com a propensão a lecionar por parte de alunos inscritos em cursos de licenciatura. Reconhecer o perfil desses alunos pode fornecer insumos para a política nacional de formação docente e para a problemática de escassez de professores. A amostra compreende os alunos dos cursos de licenciatura avaliados no exame ENADE de 2008. Utilizou-se como variável dependente a resposta à pergunta “Você quer ser professor?”, realizada no questionário socioeconômico do exame. Em linha com a literatura internacional, a hipótese assumida é a de que alunos com características socioeconômicas desfavorecidas e menor proficiência acadêmica são aqueles com maior propensão a ingressar no magistério. Utilizando um modelo de resposta binária, os resultados encontrados mostram que alunos com renda familiar mensal menor, que receberam bolsa para custear as despesas do curso e cuja mãe não tem escolaridade têm maior probabilidade de manifestarem vontade de ingressar no magistério. Quanto a proficiência acadêmica, os resultados contrastam com literatura internacional: alunos com pontuação máxima na prova discursiva têm probabilidade 3% maior, em média, de manifestarem vontade de ingressar no magistério. Por fim, alunos com maior engajamento em atividades acadêmicas não obrigatórias e com maior contato com o meio e pesquisa acadêmica tinham mais propensão a manifestarem desejo em ingressar no magistério, ceteribus paribus. As competências adquiridas nessas atividades poderiam explicar o último resultado encontrado. Conclui-se que aproximar os estudantes das atividades científicas é um caminho a ser explorado pelas autoridades à frente das reformas de formação docente.

 

 Candidato: Lohana Monaco Bezerra 

 Título: "A Crise do Encilhamento: uma abordagem heterodoxa"

 3 de junho, 14h30 – sala 522

 Banca avaliadora: 

    Victor Leonardo Araújo (UFF - orientador)

    Fernando Mattos (UFF - coorientador)

    Rita Almico (UFF)

   Carlos Pinkusfeld (UFRJ)

Resumo: A análise histórica e econômica realizada no presente trabalho tem início nos últimos anos do Império brasileiro, período no qual se tornavam nítidas a escassez de numerário e a proximidade do fim do trabalho escravo. Essa situação exigiu uma postura ativa dos ministros que governaram na turbulenta fase que caracterizou a transição para o regime republicano, tendo alguns deles realizado reformas monetárias que são apontadas até hoje como desencadeadoras da crise brasileira que ficou conhecida como Encilhamento. Tendo isso em vista, o objetivo é contestar a visão monetarista tradicionalmente presente na literatura sobre esse período, a qual defende que a crise brasileira teria sido provocada pela má condução da política econômica, bem como apresentar os debates sobre câmbio e moeda na primeira década republicana. Esses anos são estudados com uma abordagem que busca causas externas para o Encilhamento, as quais tiveram origem na moratória argentina e na consequente crise do banco inglês Baring Brothers, eventos que afetaram fortemente a vulnerável periferia que compunha o sistema internacional do padrão ouro libra.